quinta-feira, março 07, 2013

Festa de arromba na casa dos hosts!

Hoje contarei uma das aventuras que vivi sendo au pair...

Num belo dia de Verão, meus hosts resolveram ir viajar e como eu estava com outra viagem marcada, não fui com eles. Quando eu voltei da minha viagem, eles ainda estavam fora e foi ai que tive a brilhante idéia de fazer um churrasco em casa com algumas amigas au pairs também. O que eu não sabia, é que o humilde churrasquinho brasileiro entre inocentes au pairs viraria uma FESTA DE ARROMBA.



Antes de viajar eu havia perguntado pros meus hosts se eu poderia receber algumas amigas em casa e eles concordaram de boa e até compraram um bujão pra churrasqueira – que amorzinhos! Arrecadei 10 dólares de cada menina que participaria, e contanto que trouxessem bebidas, cada uma poderia trazer um convidado. Havia convidado também um amigo que é músico e pedi que ele trouxesse uma caixa de som, afinal não queria que meu churras fosse um tédio, como são a maioria das festas americanas: música baixa, o povo sentado e jogando baralho, ou seja, uma chatisse.

A tarde fui com algumas amigas comprar as carnes e as coisas no mercado brasileiro e o churras começou às 8 da noite. Durante o churras, um amigo me perguntou várias vezes o endereço da casa, eu falava, mas nem perguntei porque ele queria saber. Sem me dar conta o deck da casa – onde eu montei a mesa, a churrasqueira e o som – estava cheio de gente que eu nem conhecia. E sem querer aquilo virou uma verdadeira balada.


Todo mundo já estava bem alegre de cerveja, shots de tequila e vodka e muito animados. Foi ai que conectei meu laptop na caixa de som e começei uma seleção de hip hop e a galera começou a dançar, o ponto máximo da festa foi quando toquei samba e funk. As brasileiras se acabaram de dançar e os gringos ficaram em volta admirados como a gente se divertia, alguns deles se arriscaram e entraram no meio da roda. Até “glamurosa rainha do funk” dançaram. Foi comédia.

A galera tava se divertindo horrores e de meia em meia hora a gente entrava na cozinha para tomar shots. Mas quando foi mais ou menos meia noite e meia, a bagunça tava tanta que ligaram para a polícia. Quando me chamaram dizendo que a polícia tava na porta, eu só desliguei o som e fui falar com eles, a guardinha foi sussegada, ela pediu pra desligar o som mas que eu poderia continuar a festa dentro da casa sem barulho. Coloquei todo mundo pra dentro mas em pouco tempo todo mundo foi embora e acabou tudo lá pra uma e meia.



No dia seguinte os comentários no Facebook foram os melhores, todo mundo amou o churras, a comida, as carnes, recebi várias mensagens agradecendo por ter convidado – na verdade nem fui eu que convidei todos que estavam lá, mas tá bom – os gringos foram os que mais se divertiram, disseram que nós (brasileiros) é que sabemos dar uma festa de verdade.

Foi um sucesso de churrasco, pena que durou pouco. No dia seguinte acordei com uma ressaca tremenda mas fui limpar a zona, duas amigas que dormiram em casa me ajudaram...até que não tinha muita bagunça, só recolhemos o lixo, passamos um aspirador onde derrubaram farofa e lavamos a louça toda. Colocamos os cinco sacos de lixo no porta-malas do carro e fomos dispensar num lugar bem longe dali.

Quando meus hosts chegaram de viagem, perguntaram como foi o churras eu disse na maior cara de pau que foi muito legal e tranquilo. Eles nunca comentaram nada, acho que nenhum vizinho foi fofocar, mas cuidado au pairs, se quiser fazer festinha em casa, lembrem-se que nos Estados Unidos – e na maioria dos países – festas de arromba não são permitidas (risos).

17 comentários :

  1. Shooooooooow! kkkkkkkkkk...

    ResponderExcluir
  2. Nossa que historia gostosa kkk queria ta la p dançar tbm!!!

    ResponderExcluir
  3. Que shoow! Ri alto com a história! Teria medo de fazer festinha..ahahahaha fiquei pensando em filmes americados (a bobinha aqui imaginando a party igual a dos filmes) HAUAHAUHAUA


    http://aupairnaalemanha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahaha
      algumas festas são bacanas, geralmente em cidades universitárias, mas não são todas, a maioria é um saco, pq se fizer barulho a polícia vai lá, então geralmente não tem música, a galera fica só jogando baralho, conversando etc.

      Excluir
  4. Mari, adorei a historia..
    Na verdade eu ja meio que conheci rs.
    Li seu blog pessoal inteeiro quase!
    Sem duvidas as suas aventuras sao as melhores que eu ja li!
    Parabens pelo seu ano..

    Beeijo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia...
      Que legal que vc curtiu o blog.
      hahahahhah Obrigada! Esse ano terá mais aventuras quando eu chegar nos USA de novo, aguarde :D

      Beijoss

      Excluir
  5. Guria! Que arriscado hein!

    Imagina se os hosts descobrem e ficam putos com você! Ou pior, pedem rematch!

    Ainda bem que não deu nada! haha
    Eu ia ficar morrendo de medo depois dhsaidh

    Beeijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. jahahaha menina, fiquei com a bunda na mão - pra não falar outra coisa - ainda bem q deu tudo certo no fim!!!

      Excluir
  6. Meu rachei com esse post!!!
    Pena que as casas aqui na Irlanda sao conjugadas, se não tinha feito uma aki tbm kkkkkk....
    Bjs

    aupairmandy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahhaha putz que pena Mandy! veja pelo lado bom, pelo menos vc não corre o risco de rematch!

      Bjss

      Excluir
  7. os meus hosts quando viajavam eram bem especificos "please, dont bring anyone over, thanks , and can you please feed the cat ? " hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahhahaha "please, feed the cat" foi ótema!

      Excluir
  8. Nossa que aventura ahauhauhaahuahhuahaha e que inveja pq meus hosts nao me deixam receber ninguem aqui.... se pudesse tb nao ia prestar ahauhauhauauaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanise,
      hahahahah pois é... eu arrisquei né? ja pensou se algum vizinho fofoqueiro resolve abrir a boca? Ser au pair é mesmo uma aventura!

      Excluir
  9. Anônimo2/4/14

    Aqui em Dublin nós, brasileiros, temos fama de folgados, abusados e entrões. É por causa de gente idiota que nem você... O seu tipo me dá um misto de raiva e nojo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo1/12/14

      pelo visto nos EUA a fama é bem melhor né?! kkkkk
      Larga de ser bocó, vem aqui só pra encher o saco e xingar os outros.
      Infelizmente vai continuar com essa fama, pq vc é brasileiro né kkkkkk

      Excluir